Encontro de motociclistas em Leme reúne milhares durante fim de semana - Plantão Lemense

22/06/2015

Encontro de motociclistas em Leme reúne milhares durante fim de semana


Um encontro de motociclistas reuniu milhares de pessoas em Leme neste fim de semana. O evento ocorreu no Recinto de Exposições, localizado no Jardim do Bosque, em Leme. Durante a programação, os participantes contaram com shows de diversas bandas. A entrada de R$ 10 ou três quilos de alimentos não perecíveis será doada para instituições da cidade.

O evento reúne a maior concentração de motos por metro quadrado na cidade. São modelos que variam do clássico ao esportivo. Uma paixão antiga para muitos. “Está no sangue. Você admira, gosta e faz parte da sua vida”, falou a enfermeira Elisângela Silva.

O encontro foi a oitava edição organizada por um dos moto clubes mais tradicionais de Leme e sempre atrais fãs de várias cidades e idades. Os motociclistas capricham no visual e alguns não dispensam o colete ou a jaqueta. “Às vezes você cai em uma pista dessas e o couro ajuda bastante. O preto ajuda, porque se você coloca uma roupa branquinha, o primeiro caminhão que você pegar já fica vermelho”, contou o pintor Welington José de Campos.

A música também animou os participantes. “Muito Raul Seixas e tudo da década de 70. O Rock and Roll faz parte do motociclista”, disse o guitarrista Ernani Carvalho.

O presidente do motoclube responsável pelo evento, Marcelo Barros, explica a diferença entre um motoqueiro e um motociclista. “Os motociclistas são o pessoal que gostam de viajar, confraternizar, é amizade. Os motoqueiros são o pessoal que gosta mais de bagunça. Aqui nós somos motociclistas”, afirmou.

A instrutora Beatriz Heckermair Nais fala sobre a sensação em dirigir uma moto. “Poder viajar de uma forma mais livre, mas com cuidado. É bom”, apontou.

Já a designer Ilma Machado explica o que reuniões como essa significam. “Com certeza a liberdade, felicidade e amizade. É uma família”, justificou.