Moradores de Leme denunciam maus tratos contra animais - Plantão Lemense

10/08/2015

Moradores de Leme denunciam maus tratos contra animais


Moradores de Leme denunciaram casos de maus-tratos a animais na cidade e reclamaram da falta de atitude das autoridades sobre o problema. Em uma das ocorrências, registrada em vídeo, uma mulher roda cachorros e os arremessa na calçada de uma rua do Jardim Vanessa. Veja a gravação ao lado.

Segundo a União Protetora Patinhas Carentes (Uppc), 40 minutos após o ato de violência, um vizinho ainda teria ouvido a moradora agredir animais que estavam em uma residência. A associação afirmou que vários boletins de ocorrência sobre o caso foram registrados, porém nada foi feito pelos órgãos municipais.

A entidade relatou ainda que, em outro ponto da cidade, um morador mantém cães em situação degradante e agride os bichos, usados para caça. De acordo com a Uppc, o problema não é novo e associações da cidade buscam modos para combatê-lo, mas as tentativas ainda não surtiram efeito.


“Sempre que procuramos os órgãos municipais nunca acontece nada. Eles simplesmente esquecem e não tomam nenhuma atitude”, afirmou um voluntário que preferiu não se identificar. A Polícia Ambiental, por sua vez, disse que todas as denúncias são atendidas.

Caça:A associação afirmou que o dono usa os cães na caça de capivaras e outros animais silvestres da região. Ele mantém os cachorros amarrados, com pouca comida e água, e os agride com chutes quando fazem algum tipo de barulho. “Eles só comem depois que conseguem caçar. Se não caçam nada, passam fome mesmo. É um modo de deixar o cachorro com os instintos aguçados”, explicou a veterinária Gisele Faciolli.

Além dos maus-tratos, a Uppc também afirmou que há rotatividade de cachorros. “Ele sempre está com cães novos, os outros somem da vista de todo mundo. Ninguém sabe onde eles vão parar, mas há a suspeita de que são mortos”, afirmou a presidente da entidade.