Acidente com ambulância de Leme interdita rodovia - Plantão Lemense

06/12/2015

Acidente com ambulância de Leme interdita rodovia



Dois ocupantes de uma ambulância com placas da cidade Leme ficaram seriamente feridos depois um acidente grave registrado por volta das 16 horas de quarta-feira (2) na altura do quilômetro 6 mais 700 metros da SP-127 (a Fausto Santomauro), que liga Rio Claro a Piracicaba).

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, por motivos a serem devidamente apurados, o motorista da ambulância perdeu o controle batendo contra a traseira de um caminhão carregado de argila. Com o impacto, o veículo invadiu o canteiro central da rodovia, quase chegando ao outro lado da pista e por pouco não atingindo outros carros.

O acidente aconteceu no sentido Piracicaba/Rio Claro e o homem que dirigia o caminhão disse à reportagem do JC que não teve como evitar a colisão. “Foi tudo rápido demais. Só escutei um enorme barulho e logo depois vi que a ambulância tinha atingido a traseira do meu caminhão. Tenho carteira de motorista há mais de 40 anos, isso nunca me aconteceu e fiquei bastante assustado e preocupado”, explicou Antônio de Jesus Gonzaga, que mora em Iracemápolis e tinha como destino a cidade vizinha de Araras.

Por conta da colisão traseira, o trânsito ficou complicado e os veículos tiveram que ser desviados por um acesso perto dali. Selder, cabo da Polícia Militar Rodoviária, que participou do atendimento à ocorrência, afirmou que agora só mesmo as investigações feitas pela Polícia Civil é que poderão ajudar a esclarecer como tudo se deu. “Ainda é prematuro fazer qualquer afirmação e saber de quem realmente é a culpa”, comentou o policial.

Homens do Corpo de Bombeiros de Rio Claro também foram acionados para ajudar na retirada das vítimas de dentro da ambulância, que ficou completamente destruída. Informações da assessoria de imprensa da Fundação Municipal de Saúde aqui de RC dão conta de que um dos feridos foi levado até a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Avenida 29. Já a segunda vítima, que ficou bem mais ferida, precisou ser encaminhada até o Pronto-Socorro Municipal Integrado (PSMI) da Santa Casa, onde permaneceu em observação.