Prefeitura se reúne com Secretária Estadual do Meio Ambiente por adequação do Aterro Sanitário - Plantão Lemense

11/03/2016

Prefeitura se reúne com Secretária Estadual do Meio Ambiente por adequação do Aterro Sanitário


O Governo de Leme reuniu-se ontem na Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, para discutir junto com operadores da CETESB um projeto de adequação do aterro sanitário de Leme.

Na oportunidade, foi apresentado laudo técnico dos profissionais da Cia. Ambiental ao Prefeito Paulo Blascke, o Secretário Israel Lavezzo, além dos vereadores José Giacomelli e Chico da Rosa, que estiveram presentes para avalizar, juntamente com Blascke, o projeto trazido por Lavezzo, no que tange às melhorias e à adequada estruturação do local.

Durante a tarde, os membros do Executivo e Legislativo aproveitaram para visitar a Casa Civil, onde encontraram-se com Pedro Guerra, para tratar da retomada do parcelamento da dívida da CMI, que ficou paralisado quando Blascke esteve afastado da Prefeitura. Em seguida, encontraram-se com assessores do Deputado Silvio Torres, para peticionar novas emendas parlamentares para o município de Leme.

"Estamos confiantes. Infelizmente o parcelamento da dívida com o CMI, que durava 25 anos e foi por nós conseguido junto ao governo do Estado, não foi continuado pelo governo que cá esteve. Por isso, sabedores que somos do compromisso ético com a cidade, e, que a retomada do parcelamento permitirá a liberação de emendas e recursos para Leme, tratamos logo de resolver esse impasse, para garantir novas oportunidades ao município, através de emendas parlamentares que peticionamos. Nunca é demais nos relatarmos à situação do aterro, que não pode ficar como está. Já temos uma proposta de adequação do mesmo às normas da CETESB, e, estamos confiantes de que teremos solução para este caso", ressaltou Blascke.

"Todo governo empreendedor não espera o tempo passar. Ele direciona as suas ações para o bem-estar e o progresso da cidade, de modo a garantir a eficácia das políticas públicas para o povo. Nosso papel é somar forças com o Executivo Municipal para que isso aconteça", exclamou Giacomelli.

"O empreendedorismo pode ser definido como o ato de inovar, de encarar as mudanças como uma oportunidade de transformação de idéias. Temos a oportunidade de implantar na administração pública uma nova mentalidade gerencial, onde seja preciso descentralizar o moroso processo de trâmites e ações e tomar foco na capacidade de captar recursos e demandas que não dependam apenas do orçamento, mas tenham o apoio financeiro do Estado e do Governo Federal, e, de seus respectivos parlamentares. Leme não pode e não vai parar, enquanto estivermos empenhados em construir uma cidade digna e isonômica para todos", disse Lavezzo.

"Todo vereador está empenhado em buscar soluções conjuntas com o Executivo. Se nos resumíssemos apenas a fiscalizar as ações do prefeito e não oferecer nenhuma ideia, nenhuma proposta de emenda parlamentar, certamente nada estaríamos fazendo para nossa querida cidade. Leme é hoje uma cidade empenhada em transformar a vida de todos, e, é na soma de ideias que isso acontecerá", ponderou Chico da Rosa.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social 
Prefeitura do Município de Leme