Google AdSense

Historiador lemense foi o responsável pela correção da data do descobrimento do Brasil

o historiador Peixe Abade (foto: reprodução: 'Jornal da EPTV')
Até a década de 40 o dia do descobrimento do Brasil era comemorado em 3 de maio, até então acreditava-se que era esse o dia que os portugueses comandados por Pedro Alvares Cabral haviam chegado ao Brasil que na época se chamava 'Terra de Vera Cruz' e por questão religiosa 3 de maio era considerado a data do descobrimento do País por ser dia de Santa Cruz.

O filho do historiador relembra o trabalho do pai
Foi graças as pesquisas do historiador lemense José de Almeida Peixe Abade que reuniu documentos que ajudaram a corrigir o erro histórico, o advogado Paulo Aranha Peixe, filho de Peixe Abade relembra o trabalho do pai que chegou a conclusão que a data em que se comemorava o dia do descobrimento não coincidia com as características do dia 22 de abril de 1500.
publicação da época (foto: reprodução 'Jornal da EPTV')
Em 1949 a representação do historiador foi entregue ao Congresso Nacional e a data de 22 de Abril de 1500 foi oficializada como dia do descobrimento do Brasil
'é um privilégio para a cidade' diz a chefe do Núcleo de Patrimônio Histórico de Leme
Para Cibele Arle, chefe do núcleo do patrimônio histórico de Leme é um privilégio uma pessoa da cidade ter feito a descoberta e se aprofundado nas pesquisas para mudar um equívoco histórico e para Paulo Aranha Peixe a data do descobrimento do Brasil deveria ser feriado por ser a data máxima do País