Google AdSense

Militares passam por treinamento em cidades da região

No período de 18 a 22 de setembro, o TG 02-074 encontra-se em apoio à Operação Curimbatá, exercício de adestramento em Garantia da Lei e da Ordem (GLO), planejado pela 11ª Brigada de Infantaria Leve (11ª Bda Inf L) – Força de Atuação Estratégica preparada para cumprir suas destinações constitucionais, em qualquer local do país. Para este exercício, a “Força Anhanguera” está desdobrando as tropas nas cidades de Analândia, Leme, Pirassununga e Santa Cruz da Conceição.

Cerca de 1,1 mil militares do Exército passam por um treinamento especial em Pirassununga, Analândia, Santa Cruz da Conceição e Leme, na chamada Operação 'Poço Preto'.

A ideia é preparar esses oficiais caso haja necessidade de intervenções dentro das cidades, como operações nas favelas do Rio de Janeiro.

Os militares se apresentaram na segunda em Pirassununga e passaram por uma avaliação, onde foram verificados todos os equipamentos que vão ser usados na operação, inclusive o armamento.

O treinamento vai até sexta-feira (22) e a maior parte das atividades acontece na rua. São mais de 50 grupos espalhados, passando por exercícios que imitam situações reais de risco. Em uma delas, por exemplo, é feita a simulação de um combate a supostas ameaças de ataques e roubos a bancos.
Toda a operação tem que ser perfeita, desde a hora do desembarque até montagem da guarda. Tudo feito como se os criminosos realmente pudessem chegar a qualquer momento.

O treinamento também vai contar com militares a paisana, que podem simular situações de reação. Ao longo da semana serão vários exercícios nas cidades.

Todos os soldados vão ser certificados e estarão prontos pra serem convocados para missões de verdade, como as que já aconteceram no morro do Alemão no Rio de Janeiro e também durante a greve da polícia do Espírito Santo. Fonte G1 São Carlos e Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Leme