Google AdSense

Polícia Militar, Bombeiros e Guardas Municipais realizam treinamento com o Canil Shalon

Na segunda, 04/08/17, a 4°Cia/PM juntamente com os Bombeiros de Leme; São José de Rio Pardo; Guarda Civil Municipal de Leme e Bombeiros Municipais de Mococa; estiveram em treinamento com a ONG (Organização não governamental) Canil Shalon, tendo como instrutores seu presidente, Fabiano Margonato e vice-presidente, Antonio roberto Rodrigues; com sede na cidade de Leme, pela rua Santa Cecília, n° 290 - Barra funda.

O curso foi ministrado para ampliação dos conhecimentos técnicos visando procedimentos a serem tomadas em ocorrências que envolvam cães agressivos que estejam em ataque.

Abaixo, segue algumas condutas a serem tomadas caso você se depare ou se torne vítima de ataque canino:

COMO SE DEFENDER

*Não entre em pânico; se você ficar agitado, correr ou gritar, poderá deixar o cão mais confiante para atacar ou parecer uma ameaça para ele.

*Não sacuda os braços ou chute; por vezes o cão somente deseje suprir sua curiosidade.

*Não faça contato visual; na postura animal, isso pode ser interpretado como desafio.

*Fique em lateral ao animal e mantenha a visão periférica; isso sinalizará que você não é uma ameaça.

*Não estenda mãos ou braços; mantenha as mãos fechadas para evitar que seja mordido. O cão pode chegar perto para apenas cheirar você, sem mordê-lo.

*Não tente correr; tal ação pode despertar no cão um instinto predatório. Além disso, dependendo a distância, seja a pé ou de bicicleta, muitos cães serão capazes de alcançar.

*DISTRAIA O CÃO COM OUTRO OBJETO; Se o cão continuar a ameaçá-lo, ofereça algo que ele possa morder; mochila, garrafa de água, tênis, o que tiver a disposição; isso pode mudar o interesse do cão e dar tempo suficiente para deixar o local.

* Se habitualmente você se depara com cães agressivos em seu percurso, procure sempre ter algum petisco em mãos. Se algum cão se aproximar jogue para longe de você, o cão pode ir atrás deles.

COMO CONTRA-ATACAR

*Sob ataque de um cão, defenda-se desferindo golpes no pescoço, nuca e focinho; isso irá atordoá-lo.

*Nesta circunstância grite por ajuda; com sorte outras pessoas poderão ajudar e inibir o ataque. Caso esteja sozinho e não haja pessoas por perto, evite gritar; pois pode reforçar o ataque do cão.

*Se tiver algo em mãos para se defender, você deve usá-la. Porém, não bata na cabeça; a maioria dos cães possuem crânios duros e isso pode apenas deixá-lo mais agressivo.

*LUTE COMO SE SUA VIDA DEPENDESSE DISSO; AFINAL, ELA DEPENDE MESMO.

*Use seu peso a seu favor; Coloque todo peso sobre o animal, utilize joelhos e cotovelos. Cães são mordedores, mas não sabem brigar com o corpo; fique em posição vantajosa e quebre os ossos do cão rapidamente. Concentre sua força nas regiões do pescoço, costelas e coluna.

*Proteja o rosto, garganta, torso e áreas sensíveis; Se cair ao solo, será mais difícil lutar e se estes locais forem atingidos, os danos serão maiores e haverá mais chance do cão conseguir matá-lo.

* Proteja os pontos vitais enrolando o corpo, colocando os joelhos no solo, curvando-se com a cabeça até o chão. Calcanhares junto aos glúteos; eleve as mãos fechadas em punho até as orelhas. Fonte: 4ª Cia de Polícia Militar de Leme