Empyreo Leme Lizards conquistam o bi-campeonato da Taça 9 de Julho - Plantão Lemense

13/12/2017

Empyreo Leme Lizards conquistam o bi-campeonato da Taça 9 de Julho

No último domingo Empyreo Leme Lizards e Internacional de Limeira Tomahawk entraram em campo para decidir quem seria o campeão do último campeonato do ano chancelado pela FEFASP (Federação de Futebol Amerciano de SP).

Os lemenses chegavam à final de forma invicta, mas com algumas ressalvas, pois sabia que não tinham feito um bom jogo na semifinal. Já os limeirenses vinham embalados porque encontraram a sintonia no ataque conseguindo vitórias incontestáveis nas rodadas anteriores.

Fora isso, toda a rivalidade entre Leme e Limeira sempre já é premissa de um jogo nervoso e disputado até o último minuto, ou melhor, até os últimos segundos!

Tomahawk começou no ataque e apesar de boas jogadas e avanços saiu de campo sem pontuar. O quarterback norte americano Jake e sua linha ofensiva deram muito trabalho para os lagartos, já que a defesa de Leme não conseguia chegar até o QB e quando o fazia não conseguia sacá-lo devido a sua enorme mobilidade.

O ataque de Leme veio a campo e alternando entre o jogo aéreo e o corrido conseguiu abrir o placar no touchdown do running back Neto, que foi ajudado com a corrida e bloqueios de Xandão. Em seguida o kicker Hugo anotou o ponto extra: Lizards 7 x 0 Tomahawk.

O jogo seguiu truncado com ambas as defesas levando vantagem sobre os ataques e assim as equipes foram para o intervalo sem mais alterações no placar.

No recomeço do jogo o Empyreo Leme Lizards deu um banho de água fria nas pretensões do Tomahawk e logo na primeira campanha o quarteback #14 Lipe Melare conectou um passe perfeito para o americano #4 Gabriel Chambers que anotou mais um touchdown para os lagartos. Passe e TD de cerca de 65 jardas! Novamente Hugo acertou o ponto extra aumentando a vantagem dos lemenses para 14 x 0.

Mas o time de Limeira ainda tinha muito a jogar e diminuiu o placar com o touchdown do #84 após passe do QB Jake. Após o ponto extra: 14 x 7.

Em seguida em mais um grande avanço do ataque lemense novamente funcionou a conexão Lipe / Chambers e assim os Lizards anotaram outro touchdown aumentando o placar para 21 x 7 após o ponto extra de Hugo.

Limeira moveu as correntes novamente e Jake só parou na endzone de Leme, mas dessa vez eles erraram o ponto extra, o que seria culminante no final da partida. Fim do terceiro quarto: Leme 21 x 13 Limeira.

O último quarto da partida iria pegar fogo ainda mais com o calor do dia e com as duas torcidas literalmente incendiando o jogo com muito barulho e incentivo.

Limeira Tomahawk voltou melhor e conseguiu mais um touchdown com a conexão de Jake para o #24. Em vez de chutar o ponto extra eles tentaram a conversão de 2 pontos para empatar a partida, mas o time especial de Leme conseguiu evitar mantendo assim a liderança: Lizards 21 x 19 Tomahawk.

O ataque de Leme saiu de campo sem pontuar e deu a chance para Limeira virar o jogo, pois bastaria um field goal para isso. Mas, os limeirenses fizeram muito mais que isso e conseguiram mais um touchdown, dessa vez em um sneak, onde Jake correu atrás de sua linha ofensiva. Agora acertaram o ponto extra: Lizards 21x 26 Tomahawk.

Era a primeira vez que Limeira assumia a liderança no placar e justamente no momento crucial da partida.

O ataque de Leme voltou a campo tentando uma missão heroica, pois tinha todo o nervosismo contra e restava apenas um minuto e meio no relógio! E pra piorar ainda mais os Lizards não tinham nenhum tempo pra pedir e assim parar o relógio.

Lipe tentou três passes sem sucesso e isso animou a torcida de Limeira que já ensaiava gritos de “é campeão”. Sem outra alternativa os Lizards foram para a quarta descida e então o wide receiver #81 João Pedro mostrou novamente toda a sintonia com o QB Lipe e fez uma recepção de fundamental importância, pois sem ela o jogo teria terminado ali com a vitória de Limeira! Leme tinha mais quatro jogadas para conseguir o touchdown, pois só assim sairia com a vitória. Mas, restavam apenas poucos segundos no relógio.

A torcida de Leme ainda acreditava, mas era nítido todo o nervosismo nas arquibancadas. Limeira por sua vez já comemorava o título e após três tentativas ineficazes do ataque dos Lizards a torcida de Limeira já cantava até mesmo a tradicional música: “ai ai ai ai, tá chegando a hora”.

O QB Lipe fez um play action fingindo entregar a bola para o running back #33 Neto, mas em vez disso conectou um passe para o DL e TE #87 Tito que fez a recepção dentro da endzone. TOUCHDOWN LIZARDS!

Lizards 27 x 26 Tomahawk.

VIRADA ÉPICA! O estádio veio abaixo, pois o “impossível acabara de acontecer”! A vibração foi tanta que aconteceu uma série de faltas e o jogo ficou um tempo parado por determinação da arbitragem.

Mas ainda faltavam 10 segundos no placar e como diz o velho ditado: “o jogo só termina quando acaba”.

Pensando nisso os lagartos não chutaram o ponto extra, pois um ponto a mais não iria alterar em nada o placar e ainda corria o risco do chute ser bloqueado e com um retorno de Limeira eles virariam novamente o jogo.

O kicker e corner Diogo fez talvez o kickoff mais difícil de sua vida, pois devido as faltas a bola foi posicionada muito atrás pela arbitragem.

Diogo devolveu a bola para Limeira com um chute correto fazendo a mesma flutuar no ar para assim queimar alguns segundos a mais no relógio. Limeira ainda conseguiu um grande retorno, mas os ponteiros do relógio já haviam parado de girar.

LIZARDS BICAMPEÃO DA TAÇA 9 DE JULHO

Um jogo que ficará na lembrança de todos os presentes e também de todos que acompanharam a transmissão ao vivo pelas paginas da FEFASP, Lizards e Tomahawk.

Esse foi um dos melhores jogos da Arena Rimad, mas sem nenhuma dúvida foi o jogo mais emocionante, tenso e feliz para todos os lemenses e torcedores dos Lizards.

Esse jogo fantástico coroou uma campanha perfeita no campeonato com 5 vitórias, 183 pontos a favor e apenas 46 contra. Fonte: Leme Empyreo Lizards


fique por dentro das atividades da equipe curtindo a página abaixo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário