Leme tem o pior índice de satisfação com a geração de empregos do Aglomerado de Piracicaba - Plantão Lemense

30/05/2018

Leme tem o pior índice de satisfação com a geração de empregos do Aglomerado de Piracicaba


Entre 12 municípios selecionados pela Indsat, Leme tem o pior índice de satisfação com a Geração de Empregos do Aglomerado Urbano Piracicaba. O levantamento foi realizado durante o 1º trimestre deste ano.

Apenas 3% dos entrevistados se disseram satisfeitos com a criação de novos postos de trabalho. Avaliações “regulares” somaram 10%, enquanto 87% reprovaram a Geração de Empregos.

Com esses dados, a Indsat constatou que o índice de satisfação com o segmento é de 339 pontos. Leme tem, portanto, Baixíssimo Grau de Satisfação em Geração de Empregos. Essa foi a pior pontuação registrada no Aglomerado quando comparada às outras 11 cidades.
GRÁFICO: INDSAT
A pesquisa também apontou o perfil dos entrevistados que mais reprovaram o segmento estudado. Moradores com idade superior a 50 anos de idade são uns dos mais insatisfeitos. Quando levada em conta apenas a escolaridade, a reprovação é maior entre entrevistados com Ensino Fundamental.

Em janeiro, o saldo entre admissões e demissões foi positivo: 19 postos de trabalhos foram criados. O resultado é melhor que o registrado em dezembro de 2017. O saldo no final do ano passado foi negativo: 267 pessoas ficaram sem emprego. Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). Fonte: INDSAT - Indicadores de Satisfação dos Serviços Públicos


Nenhum comentário:

Postar um comentário