Google AdSense

É bom saber: Os perigos da Salmonela, uma bactéria poderosa


O cuidado com os alimentos é essencial para prevenir uma bactéria que pode matar: a Salmonella. Conheça o que é e como evitar este perigo. Saiba mais em: http://saude.gov.br/salmonella

vídeo: Ministério da Sáude

A Salmonella é uma bactéria que possui duas espécies capazes de causar doenças em humanos: S. enterica e S. bongori. A Salmonella enterica, que possui maior relevância para a saúde pública, é composta por seis subespécies (S. enterica subsp. entérica, S. enterica subsp. salamae, S. enterica subsp. arizonae, S. enterica subsp. diarizonae, S. enterica subsp houtenae, S. enterica subsp. indica). A Salmonella spp. é geralmente referida por seu nome de sorotipo. Por exemplo, Salmonella enterica subsp. enterica é dividida em numerosos sorotipos, incluindo S. enteritidis e S. typhimurium.

A Salmonella pode causar dois tipos de doença, dependendo do sorotipo: salmonelose não tifóide e febre tifoide. Os sintomas da salmonelose não tifóide podem ser bastante desagradáveis, mas a doença geralmente é autolimitada entre pessoas saudáveis (embora possa levar à morte em alguns casos). A febre tifoide é mais grave e tem uma taxa de mortalidade maior que a salmonelose não tifoide.

A forma mais comum da transmissão da doença é por meio da ingestão de alimentos contaminados e dos maus hábitos de higiene. A bactéria Salmonella atua sobre o intestino das pessoas, onde se multiplica e pode entrar na corrente sanguínea, atingindo outros órgãos do corpo e, em casos raros, podendo provocar graves infecções e até mesmo a morte da pessoa.

A maioria dos casos de salmonelose não tifoide apresenta sintomas típicos de uma DTA, como vômito, dores abdominais, febre e diarreia, que geralmente duram alguns dias e diminuem em uma semana. A Salmonella é uma das bactérias responsáveis pelas Doenças Diarreicas Agudas ou pelas Doenças Transmitidas por Alimentos.