Google AdSense

Leme recebe as primeiras doses da vacina contra o coronavírus

W3.CSS
Secretaria de saúde está preparada para a imunização, com estoque de seringas, agulhas e logística de distribuição.

A Prefeitura do Município de Leme, por meio da Secretaria de Saúde, deu início à vacinação contra a Covid-19. Leme recebeu 1.080 doses da vacina e imediatamente deu início à imunização dos profissionais da saúde, que atuam diretamente no enfrentamento do coronavírus.

Na tarde desta quinta-feira, 21 de janeiro, a Secretaria de Saúde, visando cumprir o cronograma de vacinação preconizado pelo Ministério da Saúde, deu início à imunização dos profissionais da saúde que atuam na Santa Casa de Misericórdia de Leme, Unimed e o Pronto Atendimento Municipal 24 Horas.

Os primeiros profissionais a receberem a vacina no município foram: no Pronto Atendimento Municipal a primeira a receber a vacina foi a enfermeira Graziela Aparecida Pereira, de 37 anos de idade. Na Santa Casa de Misericórdia de Leme, a primeira a receber a vacina foi a enfermeira Maria das Dores Vieira de M. Ferreira, de 53 anos de idade e que trabalha no hospital há 29 anos. Na Unimed, a primeira a receber foi a enfermeira Joselaine Íris Custódio, de 38 anos.

No planejamento realizado pela equipe de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde consta: o estoque de seringas, agulhas, demais insumos para a vacinação e toda a logística de armazenamento e distribuição, com profissionais treinados para realizar a imunização contra a Covid-19.

“Leme possui estoque de seringas e agulhas suficiente para toda a campanha de vacinação, além de toda a logística que contemplará os pontos de vacinação espalhados pelo município. A partir do momento em que os governos estadual e federal entregarem as doses de vacina necessárias e nas quantidades suficientes para atender a demanda de Leme, estaremos preparados para vacinar a nossa população”, afirmou o prefeito interino Claudemir Borges.

Até o momento, ainda não há informações sobre o total de doses da vacina que serão disponibilizadas para o município de Leme. A única certeza é que a primeira etapa da vacinação será destinada a profissionais da saúde e quilombolas. A Secretaria Municipal de Saúde destacou a importância de dar prioridade aos profissionais de saúde que estão atuando diretamente na linha de frente e a vacinação seguirá a seguinte ordem no município, uma vez que o governo estadual informou que no primeiro momento, os municípios não receberão doses suficientes para imunizar a todos os profissionais da saúde e que devem ser priorizados aqueles que atendem nos prontos-socorros, nas enfermarias e nas Unidades de Terapia Intensiva.

“De primeiro momento nenhum município receberá doses da vacina em quantidade suficiente para imunizar os grupos prioritários. Desta forma, seguiremos o cronograma estabelecido para imunizar aqueles que atuam diretamente na linha de frente no combate ao coronavírus. Conforme as doses forem chegando, agilizaremos o processo de imunização de acordo com o calendário estabelecido. A população não precisa ficar ansiosa quanto à vacinação, não há necessidade de ligar ou ir até a unidade de saúde para saber sobre a vacinação, pois à medida que as doses forem chegando, daremos total transparência e publicidade, a fim de comunicar cada etapa da vacina contra o coronavírus em nosso município. Quero deixar bem claro que seguiremos rigorosamente o calendário determinado por nossos governantes e que somente a população liberada para a vacinação receberá a dose. Por exemplo, se o grupo é acima de 75 anos, somente as pessoas dentro dessa idade serão vacinadas. Pessoas com idade abaixo somente serão vacinadas quando chegar o período estabelecido para a sua faixa etária, não adianta procurar as unidades de saúde antes da hora. A pessoa vai se colocar em um risco desnecessário, ela deve sair de casa somente para o essencial”, afirmou Dr. Gustavo Faggion, Secretário de Saúde.

Vale ressaltar que, à medida que mais doses de vacinas chegarem ao município, a vacinação seguirá em ritmo acelerado, sempre preconizando rigorosamente os grupos prioritários e o calendário estabelecido pelos governos estadual e federal. Todos deverão tomar duas doses da vacina.

Durante esta semana, foram encaminhados ofícios aos governos estadual e federal solicitando a inclusão de professores e funcionários escolares nos grupos prioritários da imunização contra a Covid-19.

Importante destacar que, mesmo com o início da vacinação, a população deve manter todos os protocolos de prevenção ao coronavírus, como o uso de máscaras de proteção individual, distanciamento social, realizar a higienização constante das mãos com água e sabão ou álcool em gel 70% e continuar evitando aglomerações.

Informações adicionais podem ser adquiridas na Secretaria de Saúde, localizada a Avenida Hermínio Ometto, 705 – Jardim Alvorada ou através do telefone 3573.6599. Fonte: Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Leme